Casa Mortuária Barrancos

Categorias Institucional
0 / 0

Barrancos, Portugal

Conceitualmente, este Projeto pretende marcar o ritual da despedida, uma passagem que termina em um objeto mineral que assenta no morro. Seu exterior escuro e robusto contrasta com seu interior claro em sua textura de concreto quase branco e luz abundante.

Voltada para o horizonte, numa tentativa contemplativa de abraçar o silêncio e a natureza giratória, a longa varanda estende-se sobre o campo de oliveiras. Voltada para o cemitério, a praça funciona como um mirante para a cidade e também como local de encontros e atividades públicas. A casa mortuária, na sua concepção e localização, pretende estender a mineralidade da praça em socalcos, criando áreas de estar em forma de escadas que ligam a rua inferior. As novas arquibancadas voltadas para a vista criam um lugar para devaneios e estabelecem uma clara conexão intencional e cerimonial entre a praça e a casa mortuária.

A ideia de um objeto autônomo em campos de oliveiras pretendia acentuar a natureza contemplativa do lugar, daí sua presença sutil e materialidade.

Conceito
Axonometrica
Planta de Localização
Planta Baixa

Renders: Ian Alves, Luciano Salomão